domingo, 21 de outubro de 2012

Voltei para o cursinho...

...na Turma de Outubro...

...à tarde!

E me deparei com uma legião de alunos do terceiro colegial, que não estudaram durante três anos e acham que vão aprender toda a matéria em pouco mais de 1 mês de aula!


Tenho aula com (alguns) professores fanfarrões que se esforçam DEMAIS para tirar algumas risadinhas da turma enquanto poderia estar adiantando a matéria, ou falando sobre alguns assuntos que não estão no material...




Mas, de outro lado, tenho aula com um dos meus professores prediletos do ano passado... 

(Entendedores entenderão!!!!)


..e ando de busão quase vazio!!






terça-feira, 2 de outubro de 2012

Dia 1º de outubro: Quando (quase) tudo deu errado

O dia começou às 4:50 da madrugada, a hora que eu acordei para me preparar para sair. Como teria que colher sangue de manhã e ir na consulta só a tarde, combinei com a minha mãe de voltarmos para casa nesse meio tempo. Então só coloquei uma jaqueta sobre o meu pijama e o meu Crocs (HATERS GONNA HATE) e partimos...

...às 5:30 da madrugada.
(Jeremy  Clarkson, do Top Gear, no especial do Vietnã)

Chegando lá, encaramos uma fila quilométrica que dava voltas nas rampas do Prédio dos Ambulatórios do HC, o que é super normal para qualquer começo de dia no setor de Urologia. Colheram o meu sangue e estávamos livre às 8:00 da manhã, foi quando resolvemos permanecer no HC mesmo, eu, minha mãe e meu Crocs. Depois de um café da manhã, tínhamos muito tempo pra ficar esperando. Sem ter muito o que fazer, fomos conhecer os arredores, até que achamos bancos numa sombra gostosa, ao lado do prédio de Psiquiatria. Sentamos e esperamos, até que vimos um passarinho na árvore se debatendo, fazia de tudo pra se livrar de um fio que prendia o seu pé. 


Eu vi que ele não conseguia se livrar daquilo, e pegava uns galhos que tinha caído, mas nenhum alcançava onde ele estava preso, e para ajudar tinha um Astra novinho estacionado logo embaixo, o que atrapalhava tudo. Minha mãe foi atrás de ajuda, e chamou um senhor que trabalhava lá mesmo. Ele chamou outro e pegaram uma escada e conseguiram tirá-lo de lá! Vivo!! 

(Bem, eu espero que ele tenha conseguido se recuperar e esteja vivo ainda!!)

Ainda era 11:00, fomos almoçar e voltamos para o ambulatório com o intuito de pegar uma das primeiras senhas com o doutor, e irmos para casa mais cedo. A consulta estava marcada para 1:30 da tarde, porém fomos atendidas às 12:40! Estava tudo lindo, sairíamos dali cedo, gastaríamos mais umas 2 horas só na farmácia e estaríamos livre!! Até que o doutor vai abrir os resultados dos exames, e cadê eles?? OS BENDITOS AINDA NÃO ESTAVAM DISPONÍVEIS NO SISTEMA!! Teríamos que esperar!! 

                                                                (Hugh Laurie, o "Dr. House", quando ainda estava na Inglaterra)

Ok, tudo poderia ser resolvido se falássemos com a enfermeira responsável, ela ligasse para o laboratório e pedisse prioridade para os resultados do meu exame. Só que quando chegamos na salinha, ela tinha acabado de ir almoçar e só voltaria depois de 1 hora.

(Joe, do Friends)

Nessa hora eu já tinha perdido as esperanças de voltar para casa cedo. Esperamos a enfermeira chegar, ela ligou lá e eles disponibilizaram os meus resultados no sistema. Fui até a sala do doutor, ele falando que os resultados não estavam disponíveis ainda, que ele tinha acabado de olhar e que era para a gente esperar lá fora que ele iria nos chamar!

Aí eu fiquei P*** DA VIDA, e como já não gostava  nada daquele médico, o meu ódio só aumentou!!


Voltei na enfermeira, e ela foi lá e imprimiu os resultados para eu jogar na cara do médico! E quando vimos os resultados...

 (Jeremy Clarkson e James May, do Top gear)

Minha Creatinina, que estava 2,5 na útima vez, tinha caído para 2,22!! O meu colesterol, de 220 foi para 203!! Ambos ainda estão altos, mas caindo!! \o/

Entramos no consultório e mostramos os resultados para o médico, ele fez os ajustes necessários nas doses dos meus medicamentos e fomos embora!

(Eric GOD Clapton na época do Cream)

Bem, não fomos embora, tinha ainda a temida farmácia! Pegamos a senha e tinha nada mais nada menos que 250 pessoas na nossa frente para pegar as dorgas, e minha mãe me mandou embora, para não pegar o metrô no horário de pico!

Cheguei em casa às 5 da tarde, enquanto minha mãe só chegou às 7 da noite! =)