sábado, 4 de fevereiro de 2012

Discordâncias entre o sistema ABO e o doador universal

Isso que vou contar agora aconteceu há algum tempo já, mas hoje estava lembrando e resolvi falar um pouco sobre...

No dia 5 de janeiro, eu e minha mãe fomos para o HC fazer os meus exames do transplante, o primeiro seria o de sangue. Depois de uma fila imensa, típica de São Paulo, finalmente fui atendida pela enfermeira ( na verdade, alguém da enfermagem, acho que era técnica de enfermagem... não sei). E minha mãe começou a conversar com ela, enquanto a mesma preparavam os materiais para retirar um pouquinho do meu sangue ( 10 ampolas, sem exageros)...

Mãe: bla bla bla sabemos que ela ( a Kraw) é O, e eu sou O+...
Enf: Mas você vai poder doar (o rim) para ela sim, mesmo se ela for O-, por que O+ é doador universal!!!
Mãe: Não! Doador universal é o O-!!
Enf: Magina! Você não esta enganada não?? É O+!! (Disse com todo o seu ar de sabedoria)

Boa champs, tá certinha!!

E eu fiquei calada né, até porque....pra que teimar com uma pessoa que estava furando o teu braço, não é mesmo???

OBS1: Se você não se lembra, ou até mesmo faltou às aulas de biologia, o tipo sanguíneo que é considerado doador universal é o O - ( OHHH NEGATIVO!!!)

OBS2: Como meus pais são ambos O +, eu tinha certeza que era O, só não sabia se negativo ou positivo ( conforme a genética, o fator RH é determinado por um par de genes, sendo eles R ou r. Os dois poderiam ser Rr e Rr e ter me gerado rr, vai saber...) . O exame saiu e confirmou que sou O+ mesmo...

OBS3: Para o transplante renal, o fator Rh não importa. Querendo ou não, a enfermeira tinha um pouco de razão...a minha mãe, por ser O, é poderia muito bem doar o rim pra qualquer um, menos o sangue.


2 comentários:

  1. Oi Kraw.
    blog lindo. Vc linda.
    É isso aí, guria. Sempre achei que vc iria enfrentar o que viesse. Fala pra esse crônico, que ele é ANAcrônico. hahahahaha.
    Diz pra ele: This is Spartaaaaaaa.
    Adorei a antítese representada pelo unicórinio.
    beijos (L). hehehehehehe

    ResponderExcluir
  2. Oi Kraw!
    Fiquei sabendo do seu blog e vim conferir.
    Aqui quem vos fala é uma da Inferneiras que te atendeu na 1ª consulta para transplante com doador falecido.
    Primeiramente PARABÉNS pela iniciativa.
    E posteriormente, acredite, você uma vencedora e não se deixe abalar por esta tal de IRC... Tudo isto passará fará parte de um passado bem bem distante.
    Te desejo tudo de bom e muito sucesso!!
    Um abraço

    Fabiana Agena

    ResponderExcluir